o tempo

O que é preciso para criar uma boa história?

O que faz a história uma linha contínua?

O que uma linha contínua precisa para não ser quebrada?

O que é quebrado necessita do que parar ser consertado?

and it’s so hard to do
and so easy to say
but sometimes
sometimes you just have to walk away
walk away

Eu sempre fui fã de história. Quando pequeno queria ser escritor – deve ser por isso que tenho esse blog (apesar de abandoná-lo, às vezes). Escrevi um monte de coisas, histórias bobas mas que tomaram grande parte do meu tempo. No tempo onde o tempo não importava. No tempo onde você não tem que fazer as coisas a tempo.

Eu sou fã, também, de juntar coisas. Sempre gostei de Lego, de pensar em histórias famosas fazendo uma nova história (tipo releituras e fanfics, saca?). Deve ser por isso que eu adoro versões totalmente diferente de músicas e remixes. Isso tudo leva muito tempo e, principalmente, muito trabalho. Foco.

Não é por conta do começo da nova década, não, mas essa é a hora. Os gregos antigos tinham duas palavras para o tempo: chronos e kairos. Chronos refere-se ao tempo cronológico (ou sequencial) que pode ser medido. Já o outro significa “o momento certo” ou “oportuno”: um momento indeterminado no tempo em que algo especial acontece. Em teologia descreve a forma qualitativa do tempo (o “tempo de Deus”), enquanto chronos é de natureza quantitativa (o “tempo dos homens”).

Acho que sempre que retomamos um tempo refletimos sobre ele. Reflexão tem a ver com o tempo. Reflexão tem a ver com teologia. O termo teologia foi usado pela primeira vez lá no século IV antes de Cristo por Platão, no diálogo A República, para referir-se à compreensão da natureza divina de forma racional, em oposição à compreensão literária própria da poesia, como se pensavam anteriormente. Aristóteles empregou o termo como o ramo fundamental da ciência filosófica, também chamada filosofia primeira ou ciência dos primeiros princípios, mais tarde chamada de Metafísica por seus seguidores.

Nada melhor do que fé e, como diria Flausino, palavras de um futuro bom para lhe confortar providas após um tempo. Após um tempo de reflexão que não necessariamente deve, obrigatoriamente, ter a ver com religião específica já pregada por vários grupos e povos. Um momento só em busca de respostas e melhoras na história é um momento particular e único de cada um.

Fé é necessária, mas não a fé imposta, a fé que cada um sente em si. Tomando isso como particular, fica claro que nem sempre você irá agradar a todos. Gregos e troianos. As pessoas guerreiam tentando descobrir o que as confunde, mas não entendem que nem sempre entenderemos os outros. Lutam tentando conseguir respostas alheias que talvez nem as sirvam. Às vezes, se elas tirassem apenas um tempo para refletirem, saberiam o que fazer, entenderiam ou simplesmente confiariam sem entender.

E isso é o que eu chamo de história. E isso é o que eu chamo de fé. E isso é o que eu chamo de tempo.

Esperem para ver o que eu chamo de amor. Porque é necessário história, fé e tempo.

Anúncios

About this entry